IBGE realiza reunião de Planejamento e Acompanhamento do Censo em Rolante

O município de Rolante sediou, na última quinta-feira, 29, uma reunião de Planejamento e Acompanhamento do Censo, no Espaço Cultural.
A reunião, organizada pelo coordenador de Área do Censo Demográfico 2020, Bruno Mello, teve como objetivo dar transparência à operação do censo demográfico no município, firmar parcerias e aproximar a execução do censo da comunidade local.
O censo é a principal fonte de referência para o conhecimento das condições de vida da população em todos os municípios do país e é um dos trabalhos que mais identifica o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Ele ocorre a cada dez anos e os dados coletados sobre cada município servem de base para a aplicação das políticas públicas e privadas. Isto faz com que as respostas das pessoas que respondem aos questionários dos recenseadores sejam tão importantes e precisem ser totalmente de acordo com a realidade de cada habitante entrevistado.
O recenseamento terá início em agosto de 2020 e deve ser concluído em outubro do mesmo ano. A previsão é de que sejam feitas entrevistas em 7.347 domicílios em Rolante e, para desenvolver esta pesquisa haverá um posto de coleta, um agente censitário municipal, dois agentes censitários supervisores e 21 recenseadores.
Os editais dos processos seletivos para contratação de pessoas para ocupar estes cargos devem ser abertos a partir de setembro deste ano.
O IBGE informa que é extremamente importante que a comunidade receba os recenseadores e informa que eles estarão devidamente identificados com colete, crachá, boné e um smartphone para a coleta das informações. As respostas aos questionamentos não serão anotadas em papel. Em caso de dúvidas, o habitante poderá ligar para o 0800 que constará no uniforme e confirmar a identidade do recenseador.
O prefeito de Rolante, Régis Zimmer, colocou-se à disposição do IBGE para auxiliar no que for necessário para que este trabalho seja desenvolvido no município, salientando a importância do censo e solicitando que os vereadores, secretários municipais e demais representantes de entidades unam-se na divulgação do censo.
“O processo de recenseamento começará em agosto do ano que vem, mas precisamos ir divulgando para quem tiver interesse em participar deste trabalho que acompanhe a divulgação dos editais de processo seletivo e que, depois, recebam os recenseadores e forneçam as informações necessárias para que, através do censo, possamos ter dados atualizados sobre a nossa população”, salienta Zimmer.


 






























Compartilhar